terça-feira, 15 de outubro de 2013

Greta

Páginas:400
Editora:Vida E Consciência

Autora:Mônica de Castro
Ano: 2005
Nota:11111

Sinopse: Um momento de distração da babá, um acidente, uma criança morre. Os pais, inconformados, expulsam a babá. Os fatos se espalham, e ela, esmagada pela culpa, não consegue mais emprego.
Então a babá amorosa se transforma em GRETA, uma mulher sensual que tenta sobreviver como pode.
A mãe do menina não consegue lidar com a dor da perda; afunda na depressão afastando-se do marido, que procura na depressão afastando-se do marido, que procura conforto fora do lar.
Por que uma criança saudável, alegre, morre de repente? Como vencer a dor da perda e continuar vivendo? O que fazer quando a motivação vai embora e tudo parece perdido?
Só a sabedoria da Vida tem todas assas respostas. Apesar das dificuldades das pessoas envolvidas pelo materialismo do mundo, ela vai conduzindo os fatos, arrancando os véus do desconhecido, revelando o que acontece depois da morte.
Quem parecia morto continua vivo em outra dimensão. O "nunca mais" é abolido. O que parecia injusto, tem uma razão justa. O que parecia ruim, diante das circunstâncias, foi o melhor que poderia ter acontecido.
Compreendendo a perfeição e a beleza da Vida, a motivação volta e fica mais fácil conquistar a paz.
- Zíbia Gasparetto.


Crítica: Nunca havia lido livro espírita, daí minha mãe começou a ler Greta e depois que li a sinopse (que Zíbia Gasparetto fez do livro) fiquei muito curiosa e mandei minha mãe me bombardear de spoilers, e foi por isso que li o livro, na verdade devorei. Antes achava que spoiler estragava  a leitura, hoje vejo que deixa a pessoa muito mais curiosa em relação a ela.
Lurdinha, a babá que deixou o pequeno Tiago brincando no enorme jardim, para ir até a garagem se encontrar  com seu amante, não imaginou que, deixando Tiago a sós por alguns minutos, iria desencadear uma terrível tragédia.
Depois da tragédia, sua vida mudou para sempre, assim como a dos pais da criança, tudo ficou mais trágico e sem vida, mais tudo na vida tem seus motivos, e saberemos que motivos são esses, nem que tenhamos que descobrir sobre suas reencarnações.
O livro Greta é encantador, já começa cheio de emoções e temor, e pela sinopse, já dá a entender muita coisa, principalmente o título do livro.
Greta foi o livro que me fez entrar na onda espírita. Sim, agora irei ler com mais frequência livros do gênero.
O livro é recomendável para todos, pois além de uma boa história, ensina muito em relação a vida e a alma. Sem falar na lição de vida que aprendemos com toda a história tocante que é o ciclo de vida dessas pessoas.

Mônica de Castro: Amante dos livros e da leitura, escrever sempre foi sua grande paixão. Ainda menina escrevia poesias, textos e contos.
Desde a mais tenra idade ligada a doutrina Espírita, Mônica de Castro ansiava ainda muito a inspiração de um romance. E a oportunidade se deu quando, pouco depois de ser mãe, começou a receber as idéias de de Leonel, esse seu amigo espiritual com quem hoje divide as experiências maravilhosas e gratificantes que procura passar em seus livros.
Mônica de Castro Nasceu na cidade do Rio de Janeiro, em 10 de Julho de 1962.
É formada em Direito e concilia as funções de Procuradora do Trabalho e escritora.

2 comentários:

  1. Olá, tudo joia?!
    Está lindo seu blog, já estou te seguindo...
    Segue o meu tbm, eu iria adorar!!!
    http://manyelly.blogspot.com.br/
    http://www.pinterest.com/manyelly/
    Sucesso para você!!!
    Bjo

    ResponderExcluir